Do cajuzinho ao profiteroles: comportamento é tudo!

CabeçalhoPedroPermuy1

Gente, saber se portar adequadamente ao ambiente é fundamental! Vamos combinar: fica feio uma noiva, um aniversariante, um anfitrião não saber umas regrinhas básicas de etiqueta. A mesma coisa vale para os convidados! Vai num casamento? Não vá de branco, a noiva já foi escolhida, querida! Busque roupas (e personalidade) que não sejam muito chamativas, pois, querendo ou não, você está indo a fim de prestigiar um colega, um amigo, alguém que te considera, já que te enviou um convite.

Alguns casamentos já contam com caixinhas com um par de doces ou algo que possa ser saboreado no dia seguinte pelos convidados (Foto: Reprodução da web)

Pode parecer bobagem (ou inocência (?) mas tem gente que sim, faz questão de abafar (ou se deliciar na doce ilusão de que o está fazendo) a qualquer circunstância. Auto lá! Seja simpático(a), sorria e nada de doces na bolsa! Festas mais modernas já contam com a caixinha de lembrança. Sua utilidade? Não deixar os convidados fazerem (muito) feio na hora de levarem suas delícias para casa. Ela consiste numa caixa, com monograma da pessoa ou noivos que foi predestinada para levar doces e bem-casados para casa. Aí sim é permitido! Mas é desagradável, até mesmo para as cerimonialistas e suas ajudantes, terem que barrar alguém ou chamar a atenção por essas coisas. Mais uma vez: em tese, você está na festa para prestigiar, não para tirar a barriga da miséria!

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Be the first to leave a comment!